Três artesanatos fáceis e diferentões que irão inovar seu ambiente

Por Lara Castagnolli

Cansadxs dos quadros de frutas da vovó que estão pendurados na sua casa desde antes de você nascer? Vamos sair do típico! Não, não, precisa jogar o quadro fora, mas cá entre nós, tá na hora de aposentar, né?

Vem comigo que é sucesso:

Artesanato number one: Quadro com plantas prensadas.

Esse é facílimo e maravilhoso! Deixe que a mãe natureza trabalhe por você…

Nível de habilidade manual: 0

Show né? Vamos aos materiais:

  • Uma moldura com dois vidros;
  • Um ramo roubado da samambaia da vovó;
  • Um livro beeem pesado.

Procedimentos:

  1. Coloque o ramo da planta entre duas folhas sulfites e coloque o livro sobre elas, deixando-o por aproximadamente cinco dias.
Legenda: O nome dessa plantinha é Renda-Portuguesa (Davalia fejeensis).

2. Após perceber que o ramo secou, posicione-o entre os dois vidros da moldura e feche.

Moldura com dois vidros com as laterais feitas de pinus.

Este foi o que eu fiz, espero que sirva de inspiração. : )

3. Abuse da criatividade! Não precisa ser feito com apenas uma espécie de planta, faça aquela boa e velha mistureba! Adicione flores, folhas, insetos, papéis com frases legais, cartas de amor (menos as do ex rs)

Artesanato number two: pratos pintados, desenhados, escritos, psicografados, etc…

Nível de habilidade manual: 5 (exige um pouco de estabilidade para fazer os traços)

Bom, esse artesanato que irei mostrar a vocês é bem a cara da vovó, e voltou com tudo para deixar a parede bem diferentona. Que tal sair um pouco da estética cliché dos quadros retangulares e adicionar mais círculos à decoração? Pratos de cozinha? SIM!

Materiais:

  • Prato branco (velho ou novo);
  • Canetas para porcelana. Sim, elas existem e facilitam a vida de pessoas que têm dificuldade para usar pincel (como eu rs).
  • Lápis B6 ou B8 (algum que tenha alta capacidade de marcação)

Procedimentos:

  1. Limpe bem o prato
Utilizei um prato redondo de sobremesa, mas você pode utilizar qualquer prato com qualquer tamanho e formato.

2. Pense em algo para desenhar e escolha as cores:

A caneta utilizada foi a Compactor para porcelana e vidros temperados.

3. Trace o desenho, a frase ou a palavra que desejar sobre o prato utilizando o lápis:

As linhas vão ficar bem claras, por isso aconselho vocês a fazerem em algum lugar que tenha bastante iluminação, para que seja possível enxergar com clareza o que foi feito.

4. Comece a preencher da forma que achar mais adequada:

Para este desenho, utilizei pontinhos, pois acredito que trata-se de uma técnica que facilita a identificação de luz e sombra do desenho, dando certa profundidade.

E SE EU ERRAR? AAAAAAA – Calma, respira… é só passar a pontinha de um pano úmido.

5. Novamente, abuse da criatividade!

Sou fascinada por cores, acho que deu pra perceber rsrs.

6. Deixe o pratinho secar por 24 horas.

Não desanime! Enquanto isso, vá fazer o artesanato que vem a seguir…

7. Hora de queimar!

QUE?! COMO ASSIM?

Exatamente! Só assim a tinta em sua peça irá durar bastante.

                 Leve sua peça ao forno e deixe-a por aproximadamente 90 minutos a uma temperatura de 160 graus célsius.    

8. Pendure-o ou posicione-o sobre uma superfície.

Você pode pendura-lo na parede utilizando um suporte como este:

(Fonte: Pinterest)

Ou, como este, sobre alguma superfície:

(Fonte: Pinterest)

Artesanato number three: painel de macramê.

Nível de habilidade manual: 3

Quem não ama um macramê? Essa técnica de tecelagem manual é bem fácil, dependendo de suas pretensões… Vou mostrar para vocês como fazer um único nó que pode ser o primeiro (e até único) passo para embarcarem na vida de artesãxs. O “nó quadrado” é extremamente fácil de ser feito, mas para pegar o, jeito precisa treinar.

Materiais:

– Um pedaço de madeira natural ou tratada (pode ser um cabo de vassoura, sem problemas)

– Linhas cortadas com aproximadamente 4 metros de comprimento (de preferência grossa, para que o resultado final saia mais rapidamente).

  1. Pegue a madeira e amarre um fio em suas extremidades.

3. “Dando nó” rsrs:

Esta é uma sequência de nós quadrados, os queridinhos mais versáteis do macramé!

2. Posicione os fios um ao lado do outro dobrando-os ao e passando suas pontas pela “barriga” formada ao longo da madeira.

Utilizei uma peça que estava quase finalizada para mostrar.

Mão na massa (ou melhor, nos fios):

A) Separe quatro fios (para o macramé, na maioria das vezes, usamos 4 fios para fazer um nó).

C) Pegue aquele da outra ponta (que ficou embaixo do que estávamos manuseando) e passe por dentro da barriguinha do “quatro” que havíamos feito.

E) Passe por dentro de novo e puxe:

G) Continue a sequência criando triângulos, losangos, quadrados… O que você quiser! 

B) Pegue um da ponta (direita ou esquerda) e passe por baixo dos dois centrais e por cima do último da outra ponta, como estou fazendo na foto:

D) Puxe as pontas soltas e repita o processo, mas agora, de forma invertida! Comece pelo fio que passou pela barriguinha:

F) Pronto, nó quadrado feito!

Coloque em algum lugar que fique legal J (se preferir, pode cortar as pontas):

Eu preferi deixá-lo com as pontinhas desiguais mesmo, achei que combinou!

E você, o que achou? Gostou das dicas? Espero que tenham sido úteis e que tenham servido de inspiração para renovar seu ambiente.

Ah, você também pode fazer uma bela de uma “mistureba”, adicionando todas as artes sugeridas em uma única parede, brincando com texturas, cores e formas diferentes! Eu amo…

O meu ficou assim! Uma bela “mistureba”, do jeito que eu gosto. : )

Espero que tenham gostado das dicas! Beijos, Lara. :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s